quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

Comissão de Desenvolvimento Econômico se reúne com secretário de Controle e Mobilidade Urbana


Secretário Sérgio Medeiros falou sobre as denúncias encaminhadas ao MP referentes a sua Secretaria

O secretário Sérgio Medeiros participou, no início da tarde desta quinta-feira (03), da reunião da Comissão de Desenvolvimento Econômico e Serviços Públicos, na Câmara de Vereadores. Medeiros falou a respeito das denúncias contra a direção da Secretaria de Controle e Mobilidade Urbana encaminhadas ao Ministério Público por um grupo de agentes de trânsito. Além de se dizerem perseguidos pelo alto comando da Secretaria, os agentes denunciam o uso político da pasta em casos como a suspensão da fiscalização em locais como a Avenida Fernando Ferrari e o Restaurante Vera Cruz, na Avenida Nossa Senhora Medianeira.

De sua parte, o secretário não apenas negou as acusações, justificando-as como produto de um problema histórico da Secretaria, onde um pequeno grupo – “uma meia dúzia que pensa que manda na Secretaria e que faz a mesma coisa com todos os secretários que assumem”. Lembrou que o mesmo ocorreu com o professor Carlos Félix e Gentil Pavan, ambos da administração de Valdeci Oliveira. O que os agentes acusam de perseguição o secretário classifica como remanejamentos necessários e de rotina e que as operações alegadas não foram suspensas, apenas deixaram de ser intensivas para ocorrerem no tempo necessário.

Por outro lado, Sérgio Medeiros informou que sua equipe está realizando um levantamento das multas aplicadas no ano de 2009, buscando verificar se há correspondência entre os agentes que assinam as autuações e aqueles que mais processos respondem na justiça pela prática de abuso de autoridade. Possivelmente, nestes também os autores das denúncias, que segundo o secretário constituem “um grupo de cinco ou seis mal intencionados”.

De todas as denúncias e questionamentos a que foi submetido, Sérgio Medeiros apenas deixou sem resposta, “por nunca ter ouvido falar do assunto”, a denúncia de que os veículos da fiscalização teriam sido abastecidos no Posto Fernando Ferrari, na Avenida Fernando Ferrari, como retribuição à suspensão da fiscalização na área.

Além do presidente da Comissão, Sérgio Cechin (PP), e do líder do governo, Cláudio Rosa (PMDB), a reunião contou com a participação dos vereadores Admar Pozzobom (PSDB), Manoel Badke (DEM), Luiz Carlos Fort (PT), Jorge Trindade (PT), Werner Rempel (independente) e das vereadoras Sandra Rebelato (PP), Maria de Lourdes Castro (PMDB) e Helen Cabral (PT).


Texto: Beto São Pedro
Foto: Adriano Sartori
Assessoria de Imprensa
Câmara de Vereadores de Santa Maria
Jornalista responsável: Renata Bianchini (MTb 11.916)
Vale Machado, 1.415
(55) 3220-7252
www.camara-sm.rs.gov.br
imprensa@camara-sm.rs.gov.br