sexta-feira, 3 de dezembro de 2010



Hoje (03), pela manhã, tive o prazer de recepcionar a governadora Yeda Crusius para a inauguração da nova ponte sobre o Rio Jacuí, na RSC - 287, entre Restinga Seca e Agudo. Nesta ocasião, estavam presentes inúmeras autoridades entre secretários, prefeitos e o deputado estadual eleito Jorge Pozzobom.

Ao discursar, o meu irmão, Jorge Pozzobom, declarou o quanto reconhece o trabalho da governadora na realização desta obra importantíssima para quem busca a ligação entre o Centro e a Capital do Estado.

A ponte foi denominada de Travessia Hilberto Boeck, em homenagem ao Vice-prefeito de Restinga Seca, falecido na queda da antiga ponte. Jorge Pozzobom lhe deu um apelido carinhoso de Ponte da Solidariedade, em homenagem a todas as pessoas que se dedicaram na busca dos desaparecidos no Rio Jacuí.

Essa obra, que irá marcar as façanhas do governo Yeda, foi construída e entregue à comunidade no tempo recorde de oito meses, com uma estrutura de 423 metros de extensão e 13 metros de largura.

Quando perguntaram a Governadora quanto custaria a obra, ela disse apenas que não lhe importava, a obra deveria ser feita. Disse isso não por descaso com o orçamento, mas pela importância de uma obra como esta.