terça-feira, 10 de julho de 2012

Sessão Plenária Ordinária - Mobilização em defesa da FUNDAE

Nesta manhã (10), durante a Sessão Plenária Ordinária, aconteceu a mobilização em defesa da FUNDAE. Criada em 1978 com foco voltado à inclusão econômica e social de pessoas de baixa renda por meio de cursos gratuitos, a Fundae corre o risco de fechar as portas no final do ano se não houver a liberação de pelo menos R$ 15 milhões retidos pela Justiça, em decorrência de processos.

O espaço da tribuna livre foi utilizado por Carla Suptitz, assessora da FUNDAE, que fez chamamento aos santa-marienses a fim de integrarem mobilização com objetivo de evitar o fechamento da Fundaçã.

As galerias do plenário ficaram lotadas de alunos e ex-alunos contemplados com os cursos oferecidos pela Fundae. Houve a exibição do vídeo com os projetos desenvolvidos pela Fundação e a distribuição de adesivos com a mensagem “Não deixe essa historia se apagar. Não deixe a Fundae desaparecer”.